Verdadeiro amor

Às vezes não basta um adeus para uma despedida...
Às vezes é preciso mais que um deixar de pensar para esquecer...
Às vezes não resta mais nada a fazer, mas ainda resta uma esperança...
Às vezes deixar de pensar não leva ao esquecimento...
Às vezes ser politicamente correcto não vai mudar o mundo...
Há dias que o sol para nós nasce, há dias que não.
Há horas que passam despercebidas, mas há horas que não passam...
Há momentos totalmente especiais, mas há momentos muito insignificantes.
Há sentimentos alegres, mas também há os sentimentos de tristeza...
Amar nem sempre é possível, de facto... Mas um dia descobre-se o verdadeiro amor...
Ser puro nem sempre é bom, mas um dia descobre-se que é preciso ser puro de corpo e alma...
“Amigos não existem, é o que mais se ouve...”.
Mas nunca me disseram que é preciso não deixar de pensar, não perder a esperança quando não resta mais nada a fazer...
Nunca me disseram que não se podia parar de pensar, nunca disseram que uma amizade tem dias de sol e dias de chuva...
Por isso descobre-se quem é amigo, por estar ali ao teu lado nos momentos bons e maus...
Nunca me disseram que quando estamos ao lado de um amigo há horas que passam a correr, mas marcam pela intensidade...
Nunca me disseram que os momentos de brigas de uma amizade verdadeira são insignificantes diante de todas as outras preocupações que a vida nos traz.
Nunca me disseram que numa amizade os sentimentos alegres são todos aqueles vividos com intensidade... E os de tristeza os que se dividem com o outro, na dor...
Nunca me disseram que quando se tem um amigo de verdade aprendemos a AMAR verdadeiramente... Descobre-se o amor puro como o de uma criança...
Mas apenas se encontra tudo isso numa amizade quando se é honesto, sincero, fiel e puro de corpo e alma.
E como nunca ninguém me disse isso, disse eu agora.