É como uma doce melodia para meus ouvidos

"Simplesmente não consigo pensar, é algo mais forte, é como uma doce melodia para meus ouvidos, ou como se o meu coração parasse, o meu corpo não se movesse e os meus pensamentos congelassem, esse teu olhar que esconde um mistério, uma magia, uma coisa incomum, eu não posso não pensar em ti, queria ter-te por perto, sentir o teu cheiro, sorrir contigo, sentir o teu beijo, as tuas carícias e até chorar contigo, ser consolada, abraçada, amada, queria fazer loucuras contigo e por ti, dançar à chuva, correr ao vento, contemplar as estrelas, ouvir a tua voz, queria que fizesses parte da minha vida e queria fazer parte da tua!"

Devolvo-te a chave de tudo o que aconteceu entre mim e ti

"Se porventura um dia quiseres falar comigo, a minha porta continua aberta para uma visita tua. Espero que venhas por bem, caso contrário, o caminho que te traz até mim, será o mesmo que te leva de volta. Não te arrependas por não termos ficado juntos, acredita que me sinto bem mais feliz com Ela do que senti contigo. A vida é mesmo assim. Devolvo-te a chave de tudo o que aconteceu entre eu e tu, não a quero mais comigo. Revive cada momento ou simplesmente atira-a sem destino e segue com a tua vida, assim como eu sigo com a minha com a certeza que no final da tempestade, um céu azul e um sol brilhante espera por mim e que jamais andaria sozinho, jamais. Caminhei, caminhei e encontrei quem sempre quis… até sempre."

Quando o teu olhar encontrou o meu

Hoje, os nossos olhares cruzaram-se inocentemente. Sem se aperceberem. Até que surgiu um flashback, como se me dissesse para voltar atrás e olhar exactamente para onde tinha olhado. E, reciprocamente, o teu olhar encontrou o meu novamente. Foi aí que tive a certeza.

Scusa ma ti voglio sposare

«Mas uma mulher que só é bonita, para que serve? Para mostrar aos outros? Aliás, quais outros? Nós vivemos somente de aparências. E a beleza da sua alma, então? Aquela reservada aos amigos verdadeiros, isso, dessa aí é que gostaria de viver»

Tudo o que nos apaixona

Amante é tudo "aquilo que nos apaixona". É o que toma conta do nosso pensamento antes de adormecermos, e é também aquilo que, às vezes, nos impede de dormir. O nosso amante é aquilo que nos mantém distraídos em relação ao que acontece à nossa volta. É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida. Às vezes encontramos o nosso amante na pessoa com quem partilhamos toda a vida, outras vezes em que não é nessa pessoa, mas que nos desperta as maiores e mais incríveis paixões e sensações. Também podemos encontrá-lo na ciência ou na literatura, no teatro ou no cinema, na música ou na política, no desporto ou no trabalho, na necessidade de transcender espiritualmente ou no prazer obsessivo do passatempo predilecto… Enfim, é "alguém" ou "algo" que nos faz aproveitar com vontade a vida e nos afasta do triste destino de "viver só porque sim".  E o que é "viver só porque sim"? É ter medo de viver. É cobiçar a forma como os outros vivem, é deixar-se dominar pela pressão, é perambular por consultórios médicos, e é tomar comprimidos coloridos, é afastar-se do que é gratificante, é observar decepcionado cada ruga que o espelho mostra, é aborrecer-se com o calor ou frio, com a humidade ou a chuva. "Viver só porque sim" é adiar a possibilidade de desfrutar o "hoje", fingindo contentar-se com a incerta e frágil ilusão de que talvez possamos realizar algo amanhã. Um amante é um protagonista da peça que é a nossa própria vida, seja qual for o acto ou a cena. Ao procurar algo que nos apaixona, estamos a viver cada segundo. O trágico não é morrer, afinal a morte tem boa memória e nunca se esqueceu de ninguém. O trágico é desistir de viver; por isso, sem mais delongas, procura um amante.

felicidade?


Hoje dei por mim a pensar o que é ser feliz. Há tantas coisas lindas para sentirmos quando falamos da alegria de sermos felizes. O ser feliz ocorre nos momentos mais simples, e vem sempre acompanhado de grandes sorrisos. Ser feliz é sorrir, é sonhar, é chorar, é emocionar... Ser feliz é dar um braço a um amigo, principalmente nas horas de maiores desgostos. Podemos ser feliz e sorrir ao ouvir a melodia de um pássaroa chilrear. Ser feliz é poder correr descalça pela areia da praia, a apreciar a imensidão do mar. Ser feliz é brincar com família, com os amigos, com as pessoas mais importantes, receber beijos e abraços e dar carinho. Ser feliz é sorrir com o sorriso de uma criança feliz. Ser feliz é sentir o perfume do vento, e o cheiro da terra depois de chover. Ser feliz não é andar com o bolso cheio de dinheiro, mas sim andar com o coração a abarrotar de amor. Ser feliz é descobrir a beleza do luar no infinito, quando a noite chega com o bailar das estrelas. Ser feliz é saber que depois da noite enluarada e estrelada, a vida renasce no raiar de um novo dia. Ser feliz é apreciar o nascer do sol e dar as boas vindas a um novo dia. Ser feliz é sentir o abraço tão esperado de quem amamos, seja da família, seja do namorado, seja do amigo. Ser feliz é acima de tudo ser nós mesmos, conviver com a dor e as lágrimas, mas tirar de tudo isso uma lição de vida para que a esperança renasça para saber como não voltar a cair outra vez. Ser feliz é saber que nunca, mas nunca vou estar sozinha.

Verdadeiro amor

Às vezes não basta um adeus para uma despedida...
Às vezes é preciso mais que um deixar de pensar para esquecer...
Às vezes não resta mais nada a fazer, mas ainda resta uma esperança...
Às vezes deixar de pensar não leva ao esquecimento...
Às vezes ser politicamente correcto não vai mudar o mundo...
Há dias que o sol para nós nasce, há dias que não.
Há horas que passam despercebidas, mas há horas que não passam...
Há momentos totalmente especiais, mas há momentos muito insignificantes.
Há sentimentos alegres, mas também há os sentimentos de tristeza...
Amar nem sempre é possível, de facto... Mas um dia descobre-se o verdadeiro amor...
Ser puro nem sempre é bom, mas um dia descobre-se que é preciso ser puro de corpo e alma...
“Amigos não existem, é o que mais se ouve...”.
Mas nunca me disseram que é preciso não deixar de pensar, não perder a esperança quando não resta mais nada a fazer...
Nunca me disseram que não se podia parar de pensar, nunca disseram que uma amizade tem dias de sol e dias de chuva...
Por isso descobre-se quem é amigo, por estar ali ao teu lado nos momentos bons e maus...
Nunca me disseram que quando estamos ao lado de um amigo há horas que passam a correr, mas marcam pela intensidade...
Nunca me disseram que os momentos de brigas de uma amizade verdadeira são insignificantes diante de todas as outras preocupações que a vida nos traz.
Nunca me disseram que numa amizade os sentimentos alegres são todos aqueles vividos com intensidade... E os de tristeza os que se dividem com o outro, na dor...
Nunca me disseram que quando se tem um amigo de verdade aprendemos a AMAR verdadeiramente... Descobre-se o amor puro como o de uma criança...
Mas apenas se encontra tudo isso numa amizade quando se é honesto, sincero, fiel e puro de corpo e alma.
E como nunca ninguém me disse isso, disse eu agora.